Banho de Ar. Já ouviu falar?

Sua origem é milenar e sua prática promete melhorar a circulação e regular o intestino e o sistema nervoso autônomo, entre outros benefícios para a saúde

Dizem que a técnica é conhecida há milênios e os resultados, incríveis. Segundo os antigos, o banho de ar estimula a respiração da pele, que poderia ser considerada como nosso segundo pulmão.

De acordo com essa técnica, as roupas apertadas, grossas e também os tecidos sintéticos impedem nossa pele de respirar. Ao tampar os poros, a troca de oxigênio e gás carbônico não ocorre totalmente e muitas impurezas do corpo não podem ser excretadas. O resultado é o acúmulo de trabalho para os órgãos de eliminação, como o rim, o intestino e o próprio pulmão.

Benefícios

As vantagens que a prática dessa técnica traria para saúde seriam inúmeras: equilíbrio do grau de acidez do sangue, eliminação de substâncias tóxicas, cura de problemas respiratórios, digestivos, cardíacos e circulatórios e, ainda, eficácia no tratamento de alguns tipos de câncer.

Como tomar banho de ar

Onde: em um ambiente calmo, com pouca claridade e boa ventilação.

Quando: duas vezes ao dia, de preferência ao nascer e ao pôr do sol.

O que fazer: providenciar um cobertor, beber um copo de água e tirar toda a roupa.

Como fazer: seguir as orientações do áudio abaixo, que avisa quando o praticante deve se cobrir e se descobrir alternadamente, em tempo cronometrado. A cabeça e o pescoço ficam sempre descobertos.

Durante a prática: pode-se ficar em qualquer posição, sendo permitido até dançar. O importante é deixar o ar envolver todo o corpo. Não se deve fumar nem comer.

Recomendação: relaxar e pensar positivamente. Mentalizar que tem boa saúde dizendo: “Estou bem. Estou cada vez melhor!”.

Duração: De 20 a 30 minutos cada sessão.

Agende uma consulta

Transforme sua alimentação em saúde e alegria